Alvaro Camargo, M.Sc., PMP

Início » Gerenciamento de projetos » Falta de bom senso: o caso do projeto do chocolate Batom gigante da Garoto

Falta de bom senso: o caso do projeto do chocolate Batom gigante da Garoto

Falta de bom senso: o caso do projeto do chocolate Batom gigante da Garoto

Páscoa de 2010! Momento de estar com a familia. A Chocolates Garoto lança um produto interessante para essa ocasião: uma embalagem gigante do tradicional chocolate Batom, adorado pelas crianças (Veja a foto abaixo).

Olhando a foto acima, parece uma excelente idéia, não é? A idéia é boa. Mas a comprar esse produto foi péssimo. Soa esquisito? Nem tanto.

Um projeto pode ter seu nascedouro a partir de uma idéia excelente. Foi exatamente esse o caso. Mas quando falta bom senso, mesmo uma excelente idéia como essa, naufraga rapidamente. Vejamos os problemas desse projeto:

1) Não existe nenhuma indicação externa na embalagem de que dentro do produto existe algum brinde. Mas existe. O brinde é uma caneta movida a pilha que mais se assemelha com um vibrador sexual para uso adulto (Veja o objeto ao lado da embalagem do chocolate na foto acima).

2) Dentro da embalagem não existem nenhuma indicação da finalidade do brinde e de como usá-lo. No nosso caso, demoramos um pouco a descobrir que se tratava de uma caneta (No momento da abertura da embalagem, a ponta da caneta misturou-se com o papel e ficou temporariamente perdida). Inevitável alguém fazer o comentário, sem querer, na frente da criança, que o tal brinde parece um vibrador para uso sexual (Nessas ocasiões de reuniões familiares com muita gente, sempre tem um idiota que solta um comentário desse tipo). Depois que alguém faz esse comentário, como explicar para a criança o que é um vibrador? Durma com um barulho desse…

4) A tal caneta, para funcionar, precisa de duas pilhas AAA (pilhas palito). Precisa também de uma chave de fenda Philips de relojoeiro para que se possa abrir o alojamento das pilhas (Veja a foto abaixo).

Você acha que num domingo de Pascoa, num sítio, alguém tem pilha palito e chave de fenda Philips de relojoeiro para fazer o brinquedo funcionar? Pois é. Não tem. Então a criança começa a chorar. O que era para ser um momento de alegria, passa a ser um momento de apreensão para os pais e tristeza para a criança. E ainda é necessário inventar uma desculpa esfarrapada para a criança porque o idiota do cunhado falou que o brinquedo mais parecia com um…bem, você já sabe.

5) Depois de algum tempo alguém descobre, escondido nos papéis da embalagem a ponta da caneta. Ela deve ser encaixada no corpo bojudo (que mais parece aquilo que eu já comentei). É uma peça pontiaguda e perigosa para uma criança pequena mexer. Conclusão: tem que dar sumiço nessa ponta que contém a caneta. A criança pode se machucar. Para que serve agora o tal brinde? Pois é. Só serve para aquilo mesmo que você está pensando.

Não seria melhor que dentro da embalagem viesse apenas chocolates? Ou então que viesse apenas um brinde inofensivo, sem ponta que pudesse machucar crianças? Ou então um brinde que não precisasse de pilhas palito e chave de fenda Philips de relojoeiro para funcionar e que não se assemelhasse com um certo aparelho destinado ao uso de adultos em situações intimas?

Minha conclusão: faltou bom senso na hora de definir a concepção do projeto. Muito provavelmente o gerente do produto achou que a idéia era boa e mandou lançar o produto sem fazer uma análise mais profunda.

Sempre digo isso: quando se faz um projeto para clientes, é preciso perguntar o que os clientes acham do produto ou serviço que está sendo projetado. Sem a participação do cliente no projeto você corre o perigo de fazer como a Chocolates Garoto: gerar um produto bonito mas totalmente inadequado.


11 Comentários

  1. Lindemberg disse:

    Bom dia, que bom que encontrei mais alguém com bom senso.

    Tenho 3 filhas uma com 9 outra com 7 e uma ainda no colo, sabemos que tem crianças que não resiste em esperar ate o domingo de páscoa. Ate ai tudo bem, na sexta feira, um dia sem aulas aparece na minha casa uma amiguinha de 12 anos da minha filha que ganhou o “brinquedinho”. Para a minha surpresa ao chegar na minha casa me deparo com um estranho barulho de Vibrador, quem conhece um de verdade sabe o som. Corro parao quarto das minhas meninas, e lá esta o artefato passando de mão e mão.

    Creio que a malicia ( Sacanagem) habita na mente dos adultos, mas quando temos uma situação, como você demonstrou que sempre aparece uma pessoa sem nenhum disconfimometro e faz um comentário que se torna inexplicável para as crianças, e amigo , ficamos sem ação. Este brinquedo sozinho não tem nenhuma conotação sexual para uma criança com menos de 10 anos, mas quando se tem um adolescente envolvido o perigo se torna eminente. Não podemos ignorar que em algum momento haverá as descobertas sexuais dos nossos filhos. Mas creio que a precocidade traz danos.

    Não vejo o Projeto BATOM PASCOA GAROTO, como um simples erro de lançamento, vejo como uma afronta as famílias e a integridade dos nossos filhos.

    Tem um vídeo que encontrei no youtube : http://www.youtube.com/watch?v=yNWoaCXrqX4

    • alvarocamargo disse:

      Lindemberg, você tem razão quanto ao que coloca. A Chocolates Garoto errou completamente nesse produto. Vejamos:

      a) Errou ao colocar um produto com evidentes conotações sexuais. Como você mesmo diz: o “pecado” está na nossa cabeça e não na das crianças. Mas se alguma pessoa sem “desconfiometro” está ao lado das crianças no momento em que o brinquedo é aberto e faz comentários inapropriados, cria-se uma situação desconfortável.

      b) A Chocolate Garotos tinha que avisar que dentro da embalagem tem um brinquedo que necessita de pilha e chave de fenda philips de relojoeiro para colocar em funcionamento. A descoberta de que é necessário pilha e chave de fenda para fazer o brinquedo funcionar frusta a criança e causa stress numa situação familiar que deveria ser agradável.

      c) O brinquedo, tirando fora sua conotação sexual, é perigoso. A ponta da caneta é pontiaguda e pode ferir a criança. No papel que vem junto do brinquedo existe apenas o alerta de que existem partes pequenas que podem ser engolidas pela criança.

      Faltou bom senso sob todos os aspectos.

  2. Lindemberg disse:

    Aguardo novos comentarios.. ;o))

  3. Alexandre disse:

    Sem comentários!!!
    Ficou bem bonito para minha cara, comprar um chocolate para minha esposa, e dentro encontrar essa criatura!!!
    A Garoto merece os parabéns!!
    Conseguiu fazer a gente ter cara de palhaço.
    Eu só queria poder pegar o indivíduo que teve essa idéia… o cara deve ser um frustrado sexual.
    Sem mais…

  4. virginia camargo disse:

    Incrível a falta de atenção da GAROTO com este brinde. Comprei 2 dos ditos ovos para minhas sobrinhas. Elas ainda são pequenas e não atentaram ao brinde e sua semelhança a um vibrador; mas todos os adultos na sala ficaram com cara de espanto… e a conversa foi tomando rumos desagradáveis. As crianças a gente contornou, mas a avó… Oh, céus, como você explica aquilo para a vovó ??
    E, depois, todo o choro por conta da dificuldade de montar o brinquedo. Chave phillips microscopicamente pequena e pilhas palito. Tenho ainda 2 outros tipos de ovos da GAROTO para dar aos filhos de uns amigos. Confesso que estou pensando 2 x se vou entregar; sabe-se lá o que pode haver dentro deles…

  5. Isabel Ramirez disse:

    e nem é no formato ovo – então não tem nada haver com a tradição de Pascua

  6. Alessandro disse:

    olá pessoal tamben achei uma sacanagem este brinquedo, parece que a garoto, que mandar alguma mensagem subliminar , para as crianças, que hoje ja estão perdondo a infancia muito cedo por causa da televisão.

  7. Betina disse:

    No Domingo de páscoa entreguei de presente tres ovos contendo este idiota presente. O pior é que dois deles foi para meus netinhos um de 10 anos e outro de 2, e o outro para meu marido, nunca poderia imaginar que iria me expor assim na frente de tantas pessoas ao qual estavam comemorando a páscoa em minha casa. Realmente a garoto desta vez pecou ao escolher tal desing, veja se da próxima vez realmente coloca algo para crianças e não para doentes como o tal criador do elemento.

  8. thiago disse:

    Pois bem. devemos analisar o seguinte: se a criança não entende o que é um vibrador, o mesmo não deixa de ser, ou seja, isso é um vibrador, mas a criança não sabe…..
    Pq será que eu vi meninas entre 7 e 12 anos em uma festa p/ crianças saindo de um baheiro com esta coisa na mão….???

    SACANAGEM DA BATOM….
    Isto é um vibrador sim…

  9. Ulisses Rodolfo disse:

    Porque uma caneta precisa de pilhas???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: