Alvaro Camargo, M.Sc., PMP

Início » Uncategorized » Comprometimento afetivo na organização

Comprometimento afetivo na organização

Compromentimento afetivo na organização

Uma empresa bem sucedida tem colaboradores comprometidos. Sem comprometimento, nada é produzido.

A pergunta óbvia é: como fazer com que meus colaboradores seja comprometidos. Antes de tentar responder essa pergunta, vamos ver os tipos de comprometimento que podem existir segundo nos conta o Prof. Alvaro Tamayo em seu artigo “Valores Organizacionais e comprometimento afetivo”:

  • Comprometimento Normativo – é aquele relacionado com a obrigação que o trabalhador tem de ficar na organização. São decorrentes de controles e pressões da empresa para as pessoas agirem de forma alinhada com os objetivos e interesses da organizacionação.
  • Comprometimento Instrumental – esse tipo de comprometimento refere-se à disposição do trabalhador de continuar na organização. O comprometimento instrumental é produto da necessidade que o empreregado tem da organização.
  • Comprometimento Afetivo – Esse é o comprometimento que surge a partir da identificação e do envolvimento do empregado com a sua organização (DUNHAM; GRUBE; CASTAÑEDA, 1994). Esse comprometimento ocorre em três dimensões: 1) a aceitação dos valores, normas e objetivos da organização; 2) a disposição de investir esforços em favor da organização; e 3) o desejo e a vontade de se manter membro da organização.

Já deu para perceber que o melhor comprometimento é afetivo. Toda empresa quer que as pessoas se comprometam afetivamente com ela. Isso torna as pessoas “amigas” da empresa, propiciando uma vantagem competitiva sustentável.

Veja a diferença: os empregados com forte comprometimento afetivo ficam na empresa porque querem. Já aqueles com forte comprometimento instrumental ficam na empresa porque precisam. A diferença entre esses dois grupos é enorme.

Como alcançar o comprometimento afetivo? Existem muitas respostas para essa pergunta. A resposta está no contexto geral da empresa. Mas certamente um dos fatores principais está relacionado com a liderança.

Segundo Sá e Lemoine (1998), o impacto do estilo de liderança organizacional no comprometimento afetivo é grande. Dois modelos básicos de liderança são colocados por esses autores:

  • O líder taylorista, que padroniza o comportamento dos trabalhadores
  • O líder gerencial, que é aquele que valoriza a participação e a iniciativa.

Os resultados das pesquisas desses autores indicam que o estilo gerencial é o que gera melhores condições de comprometimento afetivo nas pessoas. Pense nisso quando estiver me posição de liderança.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: