Alvaro Camargo, M.Sc., PMP

Início » Uncategorized » Nem mesmo o gerente da Phillips usa notebooks fabricados pela Phillips

Nem mesmo o gerente da Phillips usa notebooks fabricados pela Phillips

Nem mesmo o gerente da Phillips usa notebooks fabricados pela Phillips

As empresas que vão sobreviver são aquelas que desenvolverem a capacidade de se relacionar bem com seus clientes.  E o produto? Bem, os produtos são todos mais ou menos parecidos. E se os produtos não forem semelhantes, o processo de concorrência acabará por torná-los mais ou menos parecidos.  Compare o celular Touch Screen da LG com o Iphone que você vai entender isso rapidamente.

No final das contas o que importa é o atendimento que o cliente recebe e não tanto o produto. E a internet vai tornar, cada vez mais, infernal a vida das empresas que atendem mal seus clientes.

Exemplo concreto: a alegria com meu novo notebook Phillips durou pouco.  Logo de cara o equipamento falhou. Fui obrigado a restaurar o sistema operacional diversas vezes.  Depois, pifou de vez. Enviei para conserto em garantia. Resposta da Phillips: em 10 dias o notebook retorna. Não retornou.

Ligo no serviço de atendimento a clientes. Respostas recebidas: não dá para agilizar o processo. Não dá para falar com o supervisor. Não dá para falar com o laboratório. Não dá para ter uma solução. Não dá, não dá e não dá. Ponto final. Liguei durante uns dois dias em diferentes horários para pegar atendentes diferentes. A resposta é padrão: tem que esperar e ponto final.

Detalhe importante: os atendentes são educados e cordiais. Só não resolvem o problema do cliente.

Ligaram informando que o notebook seria entregue até sexta feira (Será que meus comentários no Twitter influíram? A Phillips está seguindo meus Tweets).  A entrega não ocorreu. Hoje, domingo, abro a revista Isto É Dinheiro (Edição de 07 de outubro de 2009) e vejo uma reportagem chamada “Big Brother”. Trata do poder do cliente nas relações de consumo por causa da internet.

A cara do Alexandre Martins, gerente de internet da Phillips, está estampada na primeira página da reportagem usando um notebook Dell.  Além de ter comprado um produto defeituoso e ser atendido inadequadamente, noto que, aparentemente, nem a própria empresa usa seus notebooks (Será que o produto não é bom?). Não resisti: segue a abaixo a foto do gerente da Phillips:

Alexandre Martins e o notebook Dell

Lição a ser aprendida: o atendimento é tão (ou mais) importante que o produto. Consigo entender que um equipamento eletrônico apresente um defeito. Isso acontece inclusive em empresas como a Philips, que, imagino eu, deve fazer enormes investimentos em processos de garantia da qualidade. Mas não entendo a recusa da empresa em tentar resolver o problema e insistir que aguardar é a minha única opção.

Suspeito que não sou o único consumidor a pensar assim.  Se você quer clientes fiéis, pense nisso.


1 Comentário

  1. adonai zanoni disse:

    Professor,
    Excelente o seu blog.
    Segue meu e-mail para troca de informações.
    Um forte abraço.
    ADONAI ZANONI

Deixe uma resposta para adonai zanoni Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: